Fique por dentro

Rally Erechim

Criando uma nova geração de apaixonados

Ação nas escolas é um incentivo a fãs, mas aos competidores também

Erechim é considerada a capital do rali de velocidade no Brasil e não à toa. É nesta região em que o esporte tem sua maior legião de fãs. Na época em que acontece o Rally de Erechim, esta paixão se aflora ainda mais.

Por isso, anualmente já há um bom tempo, a organização tem semeado uma espécie de sementinha, incentivando mais pessoas a se tornarem fãs e até mesmo competidores, já que é da região, um dos maiores números de competidores no país.

O programa Rally na Escola tem, além da meta de aproximar ainda mais o público do esporte, também levar competidores para sentirem “este calor humano”, que serve de inspiração e motivação. Assim foi para o navegador Diego Esmelindro, que participou pela primeira vez da ação.

Ele destacou aos estudantes da escola Dom Pedro II, na tarde desta segunda-feira, que quando era criança, assistia as provas e já amava o esporte, mas não teve esta experiência com os carros nas escolas. Comentou também que as visitas são muito importantes para continuar alimentando este amor pelo automobilismo, e futuramente termos novos pilotos nas pistas.

Os olhos dos estudantes brilharam, especialmente quando o Fiat Palio da equipe Beus Rally Team adentrou o pátio da escola. É como se fosse uma sinfonia para os ouvidos.

“Eles são muito corajosos. Eu não sei se teria coragem para competir”, disse a pequena Paola Estrai, do quarto ano. Para ela, a visita dos competidores na escola “foi muito divertida e interessante para conhecer os carros e o evento”.

O piloto Rafael Karpinskie e os navegadores Diego Esmelindro e Vitor Favaretto foram recebidos com muito carinho na escola. A instituição foi a primeira a receber o carro nesta edição do Rally na Escola.

As 374 crianças – do pré até a 4ª série - conheceram os competidores, receberam o guia com a programação do evento, dicas de segurança e mapas, e puderam entrar no carro e sentir um pouquinho da emoção de um carro de rali.

Para a professora do 4º ano, Vera Benitis, é muito importante que as crianças tenham este contato com os carros e uma das ações mais importantes do evento, que na sua avaliação é o Carbono Zero, para que as crianças tenham consciência ecológica desde cedo, além da parte esportiva.

O Rally na Escola seguirá ao longo desta semana, com visitas em outras seis escolas da rede municipal de ensino, em Erechim.

Realização
Supervisão